Sobre o autor

Rui César diz que é gente desde 1984, diz que é motoqueiro desde 2006, diz que é formado em Ciência da Computação desde 2008. Paulistas, Cariocas e Mato Grossenses dizem que ele é Mineiro. O Sivuca diz que ele é preto, e o Bituca diz que ele é branco. A galera do Rock n’ Roll diz que ele é um ótimo trompetista. Diz que toca guitarra tão bem quanto desenha.

Um bosta rala, sem sal e sem vergonha.

Anúncios

9 Respostas para “Sobre o autor

  1. Daniel Machado

    Muito legal sua iniciativa de conversão para efi.
    Sem dúvida há um potencial mercado para kit de conversão para efi.
    Gostaria de trocar algumas idéias com você.
    Daniel

    • Ola Daniel, obrigado.
      Cara, potencial ha. Inclusive teve um pessoal do Clube XT que chegou a vender o kit pra uns amigos. O problema é que é caro, e eu sou só um curioso, e que trabalha 8 horas por dia com outras coisas, e pra esse projeto chegar num ponto comercial tem que trabalhar muito ainda.
      Mas trocar ideia não da trabalho nenhum. Estou à disposição !

      • Daniel Machado

        Gostaria de conversar diretamente sobre este assunto. Estou em BH, e meu tel é 3271-5907 até as 19:30hs.
        A curiosidade, às vezes, traz junto a oportunidade.
        Valeu.

  2. Marco Antonio

    Olá, tudo bem!
    Estou pesquisando pelos tópicos sobre esse assunto e deparei com o seu, e achei muito interessante. Também estou iniciando uma empreitada dessa para injetar minha XT600 4MW, e gostaria de saber como anda o seu projeto, pois o meu ainda está na compra de alguns componentes e muita pesquisa nos fóruns e tudo quanto é artigos no Google. No caso do TBI pretendo usar dois do uno fire (1.0/1.3) que já tem TPS e as dimensões aparentam ser iguais borboletas e demais partes, só vou ter que fazer uns arranjos para unir um ao outro e fazer a base para os TBI e bicos (vou usar os bicos da R1) e adaptar a flauta que veio junto com os bicos, quanto ao módulo estou em dúvida entre o MS-mini e MS2 ainda não sei o custo beneficio de um ou o outro para uma moto.
    Obrigado

    • Ola,
      o projeto anda meio parado, exatamente como o blog 🙂 To mexendo com mais um monte de coisa, e a injeção ta no final da fila. Estou com quase tudo comprado, o que está faltando depende do meu trabalho mesmo, então o que ta faltando é tempo mesmo.
      Interessante a sua ideia dos TBIs. Não conheço os TBIs do uno, mas são necessários dois ?
      Entre a MS-mini e a MS2, só posso te falar que um dos problemas que tenho atualmente é onde colocar o maldito do módulo da MS2, que é bem grande, ainda mais com o DB25 ligado a ele. Montar o módulo foi uma das experiências mais legais até agora, mas se você não tem tanto essa tara de montar tudo, acho que deveria considerar a Mini para moto.
      Boa sorte, e qualquer coisa estamos ai !

  3. Marco Antonio

    Olá!
    Quanto ao módulo estou considerando o MS2 porque na parte de regulagem do motor acho que será mais fácil, tenho os layout dela e pretendo fazer a placa CI, mas agora vc falando do tamanho do módulo, terei que considerar a MINI neste quesito.
    Quanto aos TBI acho que um só não será suficiente para a alimentação do motor quando ele estiver em alto giro,acho que a mistura vai ficar rica porque o venturi do TBI do uno tem 35mm de diâmetro e no seu projeto do TBI que vc fez ele tem 32mm cada um (acho que é isso) daí a necessidade de dois TBI, e para fazer o arranjo na ligação com o filtro de ar será mais fácil (espero).
    No seu projeto vc vai colocar o sensor de temperatura no reservatório de óleo certo?
    No meu não decidi ainda mas tô com a ideia de colocar ele no óleo também mas só que antes dele chegar no reservatório pois ele terá uma variação mais rápida.
    Li num outro fórum não me lembro ao certo qual, mas pode colocar entre as aletas do motor também.
    quanto ao processador tem como gravar qualquer um (virgem) no módulo ou tem quer o da MS já gravado?
    Tem como vc me passar as dimensões da placa do seu módulo?

    • Ola Marco.
      Desculpe a demora para responder. É que vi que você queria saber o tamanho da placa, e eu esquecia de medir, e quando via o comentário tava longe de casa. Desisti de medir e procurei na internet mesmo. A placa mede 4×6 polegadas, que da mais ou menos 10,5×15.5cm. A caixa tem uns 2mm em cada lado a mais que a placa, e uns 5cm de altura, então é perto de uns 11x16x5cm. Se quiser as medidas exatas fala ai que eu tento lembrar de medir.

      Realmente os 35mm do uno ficam bem longe dos 2*32mm do carburador original. O TBI da xt660r, que tem um motor semelhante, deve ter seus 45mm pelo tamanho exterior dele. E realmente deve facilitar nas conexões. Com o filtro de ar é até tranquilo, pq é só mangueira de borracha. Pior é com o motor, q você teria que fazer um coletor de admissão em V, e esse tem que resistir bem ao calor.

      Vou colocar o sensor no reservatório de óleo mesmo, mas só porque é o mais simples. Mas ja espero problemas, pois realmente a variação deve demoraaaar pra caramba, as temperaturas do óleo no reservatório são bem diferentes das do motor, e antes do reservatório tem o radiador, então em dias e lugares realmente frios pode ser que a temperatura nunca passe o limiar, que estimo que no meu caso devo usar entre uns 30 e 40 graus, ao contrário dos que utilizam a leitura do óleo no cabeçote ou da água, que trabalham com valores próximos a 80, 90, 100 graus… Se você conseguir pegar a temperatura antes do radiador acho que seria mais interessante.

      Cara, o código da MS é aberto, além de ter o MS-Extra que é feito por uma comunidade. Então, no caso do proc MSI, você pode comprar o processador ( que é um motorola padrão la ), compilar, e gravar, ou mesmo baixar ja em binario, e gravar. Ja a MSII é um processador específico. Você não vai encontra-lo em outro lugar a não ser nos distribuidores listados na pagina da Mega. E ele vindo virgem ou não, você deve procurar a versão mais nova do firmware e gravar nele, o que é feito pela interface serial, de maneira bem simples, depois da placa montada.

      Espero ter ajudado. Um abraço.

  4. Marco Antonio

    Olá, boa noite.
    Quanto as medidas, sim me auxiliou. Quanto a leitura da temperatura, a XT 4MW não tem radiador de óleo (se tem ainda não vi). Será que dá controlar a ignição com a mega usando o processador MS1 e PCB v2.2??
    Já pensou em colocar o módulo da MS debaixo do para-lama traseiro e fazer uma proteção?
    Abraço!!!!

    • Ola,
      Cara, pelo que li o código padrão da MS 1 não suporta controle de ignição. Não sei do MS-Extra, tem que pesquisar.
      Atualmente o candidato para o lugar do módulo é aquela carenagem traseira, do farol, debaixo do bagageiro. Com uma facil modificação do ponto onde a carenagem parafusa, da pra colocar ela la debaixo, em cima do para-lamas. Fora isso tem bastante espaço atrás da carenagem dianteira, mas é um ponto exposto à chuva/lama, e a caixa do módulo não é vedada não. Vou deixar este espaço para coisas mais robustas, tipo bomba, filtro, etc…
      Debaixo do paralama eu acho muito arriscado. Meu paralamas chegou a furar, com o pneu raspando nele em situações de “fim de curso” da suspensão. Se tivesse qualquer coisa ali, ja era.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s